➸ Mulher Vermelha ♥

Cada vez que escrevo um bom poema é mais uma moleta que me faz seguir em frente.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

KEEP CALM

Calma, acontece, não foi a primeira e provavelmente não será a última vez. Tudo bem que ninguém percebeu, você notou, isso já é melhor que antes. Você não pode abraçar o mundo, embora ele já seja todo seu. Você não pode querer tudo ao mesmo tempo e negligenciar quem você é. Esse sono excessivo, essa fome desenfreada, tudo tem um motivo, e agora você pode mudar o curso da história. Tudo bem parar um final de semana, tudo bem tentar e não dar certo, tudo bem também. As coisas levam tempo, tudo tem seu tempo, e o seu agora é de ter calma e fé, perseverar. Só não esquece de se dar o tempo necessário, de descansar e acima de tudo, de levantar. Tudo tem seu tempo.

q.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Faith, be stronger.

Tem sido dias complicados, Querido. Tão complicados que nem te escrever consegui, que nem parar pra pensar em mim, deu. Nunca imaginei que fosse tão difícil conciliar o tempo, o amor, as responsabilidades, a fé e o desejo de ser inteira em tudo. Eu senti saudade, senti vontade de dormir, senti ansiedade pelo tempo que tá passando rápido demais e ao mesmo tempo demorando tanto. Eu senti vontade de ficar parada, sozinha, no tempo. Eu fiquei. Eu só queria que essa confusão mental toda não voltasse, eu não to com tempo pra me tratar agora. Eu só queria que tudo corresse bem até junho, e que o tempo fosse generoso com a gente. Mande energias positivas, querido. Não tem sido dias fáceis, mas pelo menos o outono continua quente.


quinta-feira, 8 de março de 2018

Mulheres da minha vida,

Eu tenho algumas mulheres na minha vida. A que me deu a luz, a que me levou pela primeira vez ao salão, a amiga que mamou no mesmo peito, as amigas que estiveram ali pra me acudir. A do primeiro beijo, do primeiro toque. As inspirações dos livros e TV’s. As professoras que passaram tão rápido e deixaram tantas coisas em mim. As que me ensinaram a como não ser, também. As que precisaram da minha ajuda e compreensão. Aquelas a quem fui rude e de quem mereço perdão. Mulheres de lugares, raças e corpos diferentes. De culturas, tradições e emoções diversas. Mulheres, acima de tudo, que merecem o respeito pelo que são e pelo que carregam consigo. Cada uma construiu e constrói seu caminho, suas escolhas e edifica sua própria história. Eu como mulher não posso julga-lás, muito menos um homem. Antes de comprar uma rosa, de desejar um feliz dia, pense em todos os atos que um dia desmereceram a força e as escolhas de uma mulher. Pense em todas as vezes que você ofendeu a amiguinha, desrespeitou a mãe ou aquela que esteve no seu lugar antes. Antes de desejar um feliz dia, respeite diariamente.

ROT

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

tcesp

Foi bonito, foi bom, foi feliz. Parece que Deus sabia que eu ia cair algumas vezes nestes últimos dois anos, literal e figurativamente falando. E eu cai, mas estava bem amparada. Foram dois anos de aprendizado, de luta, de reconhecimento de mim mesma neste caminho chamado vida. Alguns amores rompidos, amizades construídas e também fluídas, sonhos realizados, sementes plantadas. Meu coração é grato a Deus por finalmente encerrar um ciclo de maneira graciosa e em paz. As lágrimas que banharam meu rosto hoje foram de alegria e sentimento de dever cumprido. O que teria sido daquela Renata que entrou com os sonhos destruídos, o coração confuso e o corpo doente se no caminho não tivesse encontrado esse refúgio? Gratidão. Um dia eu volto.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

solidão a dois de dia, faz calor depois faz frio ♫

estranho mesmo é encontrar-se sozinho estando rodeada de pessoas. no final, é só você com você mesmo, as pessoas não conseguem ouvir e serem imparciais, nem mesmo os amigos íntimos, o amor, a família, todo mundo vai pender pro lado próprio. e o seu? vai ficar sozinho. teus sonhos, tuas convicções, a sua mera necessidade de conversar sobre alguma coisa. aos poucos você comprova que é melhor sofrer e resolver seus conflitos internos sozinha, sem ninguém pra dar palpite. uma pena é que a nossa vida é social, e não da pra resolvermos tudo por nós mesmos. um dia quem sabe, as pessoas usarão a empatia pra tentarem ser melhor, ou eu seja só mais uma louca que não entende os outros também, e ainda, no pior dos casos, quem sabe eu não aprenda a lidar com toda essa indiferença também.

Renata.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

2018

2018 nem começou e eu já to cheia de medos, de anseios, e morrendo de ansiedade por 2019. Mas, se teve algo que aprendi com toda a crise de 2017, com os remédios, com a dor, e com a agonia dos meus planejamentos não darem certo foi: senta e respira. Hoje é meu dia de respirar, de pensar 2018, de reconhecer os meus limites e aceitar apenas as cargas que eu posso carregar. Porque não, Deus não vai me dar costas mais fortes se eu sair pensando que posso ser dona do mundo. E obrigada Deus por me fazer enxergar isso. Um clico difícil se encerra este mês, e ao mesmo tempo em que a satisfação de ter conseguido me atinge, o medo do que fazer agora me transborda. Que 2018 seja de frutos colhidos e de sementes regadas com amor e suor. A vida começa agora.

renatinha

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

lar

Tem dias que a gente só quer um abraço, uma sopa quente e um bom banho. Tem dia que a gente só quer ser recebido pra poder esquecer do dia nem sempre ruim, mas difícil. Tem dia que eu só queria não ser só eu com meus problemas. Sabedoria pra entender que nem sempre as pessoas compreenderão seus dias ruins, sabedoria pra não se machucar com isso. Tá chovendo lá fora e eu nem se quer reconheço este lugar. Que falta faz um lar, que falta faz um abraço. 

Rezinha.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Eu entrei aqui vó e senti você, D. Maria. Você nem imagina a saudade que da, e como meu coração daria tudo para você estar aqui com seu vestidinho de malha, seu chinelo de dedo, seu frango com pimenta delicioso. Daqui um ano eu venho pra cá realizar um sonho lindo, e você não estará aqui pra me abençoar e pra dar todos os conselhos que uma moça do lar deve saber. Apesar dessa distancia tão absurda e tão dolorosa, sou grata por toda a herança que você me deixou, e que não envolve uma doleta sequer. Obrigada por ter me dado uma família, um lar e um lugar pra voltar. Obrigada pelo padrinho que eu tenho, pelo pé de seriguela e mangueira que será o altar do meu dia. Obrigada pelas lembranças e pelo desejo de perpetuar o amor e o zelo pela família. Sem você, sem este alicerce, meu sonho seria apenas um fato. E você gostaria tanto dele, ele joga baralho e até curte aquela sua branquinha mineira. Ele ia amar seu frango apimentado. E eu só espero ter uma família linda igual a sua, com todos os defeitos do mundo, mas que fique pra história. Eu te amo vó, tô sentindo tanto a sua falta. 

Renata 



Essas palavras que eu escrevo, me protegem da completa loucura.