➸ Mulher Vermelha ♥

Cada vez que escrevo um bom poema é mais uma moleta que me faz seguir em frente.

sábado, 28 de janeiro de 2017

Recomeçar

Foram os erros que cometi que me tornaram mais tolerante com os erros que os outros cometeram comigo. Foram as dores que causei, que me ensinaram a perdoar o sofrimento que me causaram.

Porque existe o erro e escolha pelo que é errado. O primeiro é tentativa de acerto, faz parte da busca, do aprimoramento, do que é humano, do caminhar. Já a escolha pelo que é errado passa conciência. É opção de caminho, egoísmo, caráter, intenção. Viver é equivocar-se. Tentamos acertar do melhor jeito que podemos, com nossas limitaçoes e bagagens. Buscar ser feliz é estar exposto, é cometer muitos erros ainda.

Entre tropeços e acertos os erros são necessários. São os erros que nos tornam mais humildes, é com eles que aprendemos a acertar e a desculpar.  E a gente segue, tentando não errar tanto da próxima vez.


Andréa Beheregaray.

2 comentários:

  1. O tropeço com que se aprende não derruba. Ao contrário, catapulta.
    GK

    ResponderExcluir

Manifestos



Essas palavras que eu escrevo, me protegem da completa loucura.